Publicações

ÁCAROS EM AMPLIPÍGEOS DE CAVERNAS – UMA IMPORTANTE DESCOBERTA DO LES-UFSCAR

Fonte: Laboratório de Estudos Subterrâneos - UFSCar Em 2012 uma equipe do LES/UFSCAR (Laboratório de Estudos Subterrâneos - UFSCar) - Maria Elina Bichuette, Jonas Eduardo Gallão e Pedro Pereira Rizzato - encontraram alguns amblipígeos (gênero Trichodamon) em cavernas do oeste da Bahia com ácaros presos ao dorso. O material foi então encaminhado ao especialista Fábio Akashi da UNESP que ficou intrigado com a descoberta e encaminhou o material ao especialista David Evans Walter do Canadá. A descoberta o fez erigir uma nova família para incluir o novo gênero, designado como Reginacharlottia Walter 2013 (Família Reginacharlottiidae Walter 2013). Tal descoberta evidencia o endemismo e especificidade destes animais e coloca a região e caverna como de extrema importância em termos mundiais, localizada na Serra do Ramalho, oeste da [...]

NOVO GRILO CAVERNÍCOLA BRASILEIRO

Fonte:  Laboratório de Estudos Subterrâneos - UFSCar  Foi publicado recentemente um trabalho trazendo a descrição de um novo grilo que ocorre em cavernas brasileiras. De autoria de PEDRO G. B. SOUZA-DIAS, MÁRCIO P. BOLFARINI (Pós-doutorando do LES), SILVIO S. NIHEI e FRANCISCO A.G. DE MELLO o grilo representa o primeiro sem asas (ápteros) do gênero Endecous. A espécie foi encontrada em cavernas calcárias da Chapada Diamantina no estado da Bahia. Grilos do gênero Endecous são amplamente distribuídos em cavernas brasileiras e possuem características que possibilitam-nos estabelecerem populações nestes ambientes, como as longas antenas e pernas. Recentemente diversos registros de formas mais especializadas de grilos tem sido feitos e o biólogo Márcio Bolfarini, integrante do LES, tem participado destas descobertas. Resumo do [...]

Reativada área de documentos para download no site do GPME

Por causa de algumas mudanças estruturais em nosso site, a área de documentos para download ficou temporariamente inacessível. Essa área agora está reativada ao público para acesso aos inúmeros documentos disponibilizados pelo GPME, em dois links: Categoria (Organizados por tipo de documento) Ordem alfabética Além de reativar esse importante espaço de divulgação das atividades e resultados do GPME, essa área foi atualizada com recentes documentos que citam o grupo, acessíveis diretamente nos links abaixo: Viajando por paisagens naturais - a espeleologia como experiência turística Plano de Manejo do Parque Estadual Gruta da Lagoa Azul Ecologia Populacional do Bagre Cego de Iporanga Perfis Atmosféricos da Caverna Santana Evolução e Dinâmica Atual do Sistema Cárstico do Alto Vale do Rio Ribeira de [...]

Fotografia do GPME é uma das vencedoras do IV Concurso Internacional de Fotografía de Flora y Fauna Cavernícolas (Espanha)

É com grande alegria que o GPME recebe e transmite a notícia que uma fotografia de autoria do grupo é uma das ganhadoras do IV Concurso Internacional de Fotografía de Flora y Fauna Cavernícolas organizado pelo Grupo de Espeleología de Villacarrillo (Espanha). Premiada em 3º Lugar, a fotografia é contracapa da Revista Gota a Gota nº 4. Fotografia obtida em cavidade descoberta no decorrer da 10ª Expedição Presidente Olegário, 2013 -2014, denominada Lapa Pholcidae em alusão ao exemplar fotografado. Veja as fotografias ganhadoras e as demais fotografias participantes: Revista Gota a Gota nº 4 (2014) Parabenizamos o Grupo de Espeleologia de Villacarrillo pela iniciativa da organização do concurso!

Os neandertais enterravam intencionalmente os seus mortos, afirmam cientistas

Fonte: Público (Portugal) - Ciência ANA GERSCHENFELD O debate dura há décadas: eram os neandertais suficientemente sofisticados, do ponto de vista simbólico, para sepultar os seus congéneres? Os mais recentes resultados indicam que sim. Esqueleto de neandertal descoberto em 1908 em La Chapelle-aux-Saints, França Não é a primeira vez que os neandertais, os nossos “primos” europeus hoje extintos, nos surpreendem ao revelar que não eram assim tão primitivos como pensávamos. O mais recente sinal de modernidade deste grupo de humanos vem agora da reavaliação, por uma equipa internacional de arqueólogos, de uma escavação realizada em França, há mais de um século, numa gruta habitada por neandertais há 50 mil anos. Os seus resultados, publicados online, esta segunda-feira, pela revista Proceedings of [...]