História da Espeleologia

GPME 31 Anos – 19 de março de 2018

Equipe reunida na entrada da Gruta Sabaúna I. Foto: Acervo GPME. Hoje, 19 de março, o Grupo Pierre Martin de Espeleologia completa mais um ano de existência. Nossa comemoração foi durante o final de semana no Distrito de Luís Carlos, município de Guararema, aonde fomos presenteados com a apresentação de duas novas cavernas pela Guaranature, ONG de proteção ao Meio Ambiente do município, através do seu Presidente, Marcos Grangeiro. O local foi propositadamente agendado a fim de conciliar a nossa comemoração com o inicio de um projeto de documentação das cavidades naturais de Guararema em conjunto com a Guaranature. Dedicamos a manhã do sábado para a primeira exploração. As novas cavidades, denominadas Gruta Sabaúna I e Gruta Sabaúna [...]

Ricardo Krone, pioneiro da espeleologia brasileira (1861-1917)

Gruta do Arataca. Foto: Ricardo Krone Gruta do Monjolinho. Foto: Ricardo Krone Em 09 de setembro de 1917, faleceu Ricardo Krone (Sigismund Ernst Richard Krone), o Major Ricardo como era carinhosamente chamado pelos moradores de Iguape, cidade onde viveu no Brasil. Para nós do GPME, Krone é o legítimo fundador da espeleologia brasileira, dada a profundidade com que ele estudou as cavernas tratando da sua gênese, suas formas, tipos e morfologia. Ele compreendeu as cavernas como parte dos complexos sistemas hídrico, geológico e geomorfológico do Alto Ribeira. Krone exaltou não apenas os valores estéticos, mas afirmou a antiguidade e os processos químicos que resultam nos ornamentos que preenchem o interior das cavernas. Em [...]

Causos GPME 30 Anos – Angelo Roncolato, despedida do Brasil

Causo de Angelo Roncolato, narrado na reunião do grupo de 19 de julho de 2017, em sua despedida do Brasil: Eu conheci o grupo em 2011, logo que cheguei ao Brasil. Fui procurar pela internet e entrei em contato com vários grupos. O único que me respondeu foi o Ericson que, com o meu português atrapalhado, conseguimos conversar via chat e combinamos que eles viriam me buscar no domingo seguinte ou dali a três semanas. Minha esposa, preocupadíssima com esse encontro: “Você não está na Europa, você está no Brasil!! Esses caras vêm te buscar, você não volta mais!!!” Foi engraçado, porque quando do carro desceram os dois (Ericson e Gilsan), eu tenho que dizer uma coisa: os espeleólogos, seja [...]

Causos GPME 30 Anos – Acho que “tá chov…” o rio “tá” enchendo!!!!!

Eu, Carlos Eduardo Martins, junto com Daisy Cirino de Oliveira, Ericson Cernawsky Igual e Maurício Alcântara Marinho formamos uma equipe para topografar as grutas Chapéu Mirim I e II, situadas no Núcleo Caboclos do PETAR (Parque Estadual Turístico do Alto Ribeira) - SP. A topografia parecia simples e, em alguns minutos, completamos o duto ativo, sempre seguindo o leito do riachinho que atravessa o maciço calcário de uma ponta à outra. Em paralelo e em um nível poucos centímetros acima do duto principal havia outro bem mais estreitinho que aumentaria o mapa da caverna em alguns metros. A interligação entre esse conduto e o principal é feita por diversos ramais transversais de alguns centímetros de diâmetro. Um desses apenas (!) [...]

Causos GPME 30 Anos – A misteriosa luz na trilha…

Acho que foi em 1987, época em que estávamos explorando a região da Onça Parda... O grupo estava entusiasmado com a região, muitos abismos para explorar, redescobrir e fazer a topografia. Numa dessas saídas para a Onça Parda, a equipe se dividiu de tal forma que Roberto, Caê, Ericson, Xisto ...(não lembro direito) foram explorar um abismo que ficava bem próximo à trilha, enquanto eu e a Cris Iha resolvemos aguardar na trilha, pois não estávamos a fim de descer, porque logo retornariam e poderíamos atrasar o grupo. Naquela época, usávamos bastante a escadinha de alumínio para descer em abismos. Pois bem, ficamos esperando na trilha, conversando. Como começou a escurecer, resolvemos fazer uma fogueirinha para espantar os borrachudos. Era [...]

2017-05-24T11:55:43+00:00 Categories: Geral, História da Espeleologia|Tags: , , |2 Comments