Cavernas

Causos GPME 30 Anos – A misteriosa luz na trilha…

Acho que foi em 1987, época em que estávamos explorando a região da Onça Parda... O grupo estava entusiasmado com a região, muitos abismos para explorar, redescobrir e fazer a topografia. Numa dessas saídas para a Onça Parda, a equipe se dividiu de tal forma que Roberto, Caê, Ericson, Xisto ...(não lembro direito) foram explorar um abismo que ficava bem próximo à trilha, enquanto eu e a Cris Iha resolvemos aguardar na trilha, pois não estávamos a fim de descer, porque logo retornariam e poderíamos atrasar o grupo. Naquela época, usávamos bastante a escadinha de alumínio para descer em abismos. Pois bem, ficamos esperando na trilha, conversando. Como começou a escurecer, resolvemos fazer uma fogueirinha para espantar os borrachudos. Era [...]

2017-05-24T11:55:43+00:00 Categories: Geral, História da Espeleologia|Tags: , , |2 Comments

LEI MUNICIPAL DE PONTA GROSSA-PR INCLUI CAVERNAS COMO PATRIMÔNIO

Fonte (Reproduzido sob autorização): JORNAL DA MANHà 45 cavidades subterrâneas de Ponta Grossa foram incluídas no Inventário Cultural do município através de deliberação em reunião do Conselho Municipal do Patrimônio Cultural (Compaq) no último dias. Agora, as cavernas fazem parte do patrimônio do município e foram catalogadas com a finalidade de preservação dos locais. Segundo a Fundação Municipal de Cultura, o geógrafo e mestre em Gestão de Território pela Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Henrique Simão Pontes, protocolou junto ao Departamento de Patrimônio da Fundação em dezembro do ano passado uma lista de cavernas que após serem mapeadas pelo Grupo Universitário de Pesquisas Espeleológicas (GUPE), foram consideradas como importantes recursos naturais a serem catalogadas. Pontes considera que a catalogação [...]

1ª Expedição Natalândia, 2014 – 2015

Nosso interesse por Natalândia vem do primeiro semestre de 2012, quando identificamos virtualmente o carste do município e identificamos a referência histórica citada na publicação “As Grutas em Minas Gerais, IBGE 1939”. Ensaiamos durante mais de um ano, até que conseguimos concretizar um rápido reconhecimento com uma equipe no final de Julho de 2013, no retorno da Expedição Goiás 2013, que rendeu a descoberta de cinco cavidades, uma delas com potencial para mais de 1 km. Saiba mais: Abrindo novas possibilidades, a espeleológicamente desconhecida Natalândia, Minas Gerais Pretendíamos fazer nessa Expedição 2014 - 2015 uma ocasião de maiores proporções, mas com a perda recente de uma associada muito querida do grupo em um acidente automobilístico, preferirmos fechar o ano sem [...]

ÁCAROS EM AMPLIPÍGEOS DE CAVERNAS – UMA IMPORTANTE DESCOBERTA DO LES-UFSCAR

Fonte: Laboratório de Estudos Subterrâneos - UFSCar Em 2012 uma equipe do LES/UFSCAR (Laboratório de Estudos Subterrâneos - UFSCar) - Maria Elina Bichuette, Jonas Eduardo Gallão e Pedro Pereira Rizzato - encontraram alguns amblipígeos (gênero Trichodamon) em cavernas do oeste da Bahia com ácaros presos ao dorso. O material foi então encaminhado ao especialista Fábio Akashi da UNESP que ficou intrigado com a descoberta e encaminhou o material ao especialista David Evans Walter do Canadá. A descoberta o fez erigir uma nova família para incluir o novo gênero, designado como Reginacharlottia Walter 2013 (Família Reginacharlottiidae Walter 2013). Tal descoberta evidencia o endemismo e especificidade destes animais e coloca a região e caverna como de extrema importância em termos mundiais, localizada na Serra do Ramalho, oeste da [...]

TCU realiza primeiro trabalho sobre cavernas do Brasil

Fonte: Portal do Tribunal de Contas da União (TCU) O Tribunal de Contas da União (TCU) realizou trabalho sobre a preservação das cavidades naturais subterrâneas (cavernas) do Brasil. Foram feitas auditorias para avaliar as estruturas normativa, gerencial e operacional do governo federal na tarefa de conservação das cavernas. Os órgãos auditados foram o Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O TCU identificou que, com a criação do ICMBio, alguns centros especializados do Ibama, dentre eles o Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas – Cecav, foram incorporados à estrutura organizacional do novo Instituto. Segundo o tribunal, o ICMBio [...]