Meio Ambiente

17º B FRON REALIZA EXPEDIÇÃO À GRUTA RICARDO FRANCO

Corumbá (MS) – Entre os dias 22 a 29 de julho, o 17º Batalhão de Fronteira apoiou a expedição do Grupo Pierre Martin de Espeleologia (GPME), que teve como objetivo o remapeamento da Gruta Ricardo Franco (MS-001, Cadastro Nacional de Cavernas do Brasil), uma das maiores cavernas do Estado de Mato Grosso do Sul, localizada no Pelotão Especial de Fronteira do Forte de Coimbra. Na expedição foram observadas características e peculiaridades interessantes que a gruta apresenta com destaque para a Fauna, a Geologia, a História e Beleza Cênica. Foram descobertos diversos condutos ampliando ainda mais a extensão subterrânea conhecida. leia matéria completa: http://www.eb.mil.br/web/haiti/noticias-braengcoy/-/asset_publisher/uIeNJ9eDHugv/content/17-b-fron-expedicao-forte-de-coimbra-gpme-2017-gruta-ricardo-franco-/8032597  

Intervales 30/09 e 01/10/2017: Breve relato e galeria de fotos

Este final de semana estivemos em Intervales, onde fomos mapear as Grutas Pianos (Zona de Amortecimento do Parque), Grutas dos Meninos e Gruta dos Horrores. Chegamos na sexta feira, debaixo de muita chuva, que persistiu durante todo o sábado. No sábado pela manhã fomos fazer a topografia da Gruta dos Pianos que está localizada fora da área do Parque Intervales, mas ainda dentro da Zona de Amortecimento, próximo à estrada que leva a Guapiara. A Gruta dos Pianos recebe este nome por estar localizada no bairro homônimo (dizem que o bairro recebe este nome porque levaram um piano para lá). A caverna está localizada no fundo de uma drenagem bastante encaixada no relevo. O acesso, a partir da estrada é [...]

Como foi – Reunião GPME em 26/04 com palestra de Tulio Schargel: O Brasil da Pré-História

Tulio Schargel com a réplica de uma peça do fóssil. Nada como aprender coisas novas! E com um palestrante empolgado e super didático, aprender fica ainda mais fácil! Esta foi a sensação de quem enfrentou chuva e trânsito para ter a oportunidade de ouvir Tulio Schargel, diretor e produtor de filmes com especialização em cinegrafia subaquática e, por que não, professor?! Durante sua palestra ele nos revelou como surgiu a ideia do documentário exibido ontem, já divulgado em 63 países e que recebeu três prêmios internacionais. O documentário mostra como uma equipe internacional de paleontólogos, espeleomergulhadores e cineastas recuperaram mais de 4 mil (!) ossos do Poço Azul, localizado na Chapada Diamantina, reunindo mais de 45 espécies, entre [...]

Série Causos GPME 30 Anos – A partir de amanhã aqui no Blog do GPME

Dizem que a história de um país se constrói com seu povo. Para resgatar a história do GPME, relatos vividos pelos seus membros serão relembrados aqui neste espaço. Alguns são bem antigos, narrados pelos "dinos" do grupo, outros, dos caçulinhas e ainda "estagiários". Foram 30 anos de experiência que contribuíram para documentar o patrimônio espeleológico do Brasil, mas sobretudo e, sem dúvida, reforçar os laços de amizade e o desejo de preservação das cavernas, fauna, flora e comunidades locais. Acompanhe a partir de amanhã essa série de relatos inéditos aqui no Blog do GPME, com o “Causo Saudoso Professor JJ”, de autoria do associado Francisco José Sarpa Lima (Chico). Boa leitura!

GPME 30 Anos – Comemorando com o pé em nossas raízes!

Para nós, a ocasião da fundação do Grupo, em 19 de março de 1987, aos pés do paredão da Onça Parda e em companhia do saudoso JJ (Sr. Joaquim Justino), tem um simbolismo muito especial. Aquele momento marcou a nossa efetiva presença e atuação no ambiente cárstico, em prol da documentação e proteção do patrimônio espeleológico e a estreita cooperação com as comunidades que habitam o entorno das cavernas e também com as unidades de conservação que as protegem. O GPME preza pelo respeito às comunidades locais, sempre buscando envolver os moradores nas atividades de documentação das cavernas. Cada vez mais esse sentimento e os laços se fortalecem! Além da paixão pelas cavernas, tomamos cafezinho, comemos bolo, pão de queijo, [...]