Intervales 30/09 e 01/10/2017: Breve relato e galeria de fotos

Este final de semana estivemos em Intervales, onde fomos mapear as Grutas Pianos (Zona de Amortecimento do Parque), Grutas dos Meninos e Gruta dos Horrores. Chegamos na sexta feira, debaixo de muita chuva, que persistiu durante todo o sábado.

No sábado pela manhã fomos fazer a topografia da Gruta dos Pianos que está localizada fora da área do Parque Intervales, mas ainda dentro da Zona de Amortecimento, próximo à estrada que leva a Guapiara.

A Gruta dos Pianos recebe este nome por estar localizada no bairro homônimo (dizem que o bairro recebe este nome porque levaram um piano para lá).

A caverna está localizada no fundo de uma drenagem bastante encaixada no relevo. O acesso, a partir da estrada é uma ribanceira bem íngreme e bem escorregadia (estava chovendo).

Ao chegar no fundo do talvegue, caminhamos por uns 80 metros até a entrada da gruta, localizada na margem direita da drenagem. A entrada dela é estreita e alta. Apesar de haver um curso d’água dentro da caverna, a ressurgência fica no meio de umas pedras longe da entrada principal. O sumidouro desta caverna ainda não foi localizado.

A equipe contou com 9 integrantes que foram divididos grupos para a execução de diversas tarefas. Alfredão e Marcinha (Siriri) foram destacados para as atividades de “prospecção vertical”, procurando condutos nas partes altas das paredes. Alex e Ovo foram responsáveis pelo registro fotográfico da fauna da Gruta. Chokito, Dennys, GilSan, Paty e Pipe foram responsáveis pela topografia.

O registro fotográfico da fauna será analisado por uma equipe especializada da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos)  e avaliar a relevância em termos biológicos da Gruta dos Pianos.

Alfredão e Marcinha conseguiram conquistar 1 acesso superior, utilizando técnicas verticais, porém apesar do difícil acesso, o conduto não se desenvolveu. Além deste conduto, existem pelo menos mais 4 condutos visualizados que necessitam de execução de técnicas verticais para acesso.

A topografia da caverna não foi concluída, faltando o conduto do curso d’água. Por medidas de segurança, uma vez que estava chovendo, decidimos deixar este para outra ocasião.

No final das contas, em aproximadamente 4h horas de trabalho, topografamos 191,1 metros até o momento. e o desnível de 19,8 metros (não contando os acessos conquistados na vertical.Ou seja, temos bastante trabalho nessa caverna ainda.

O dia terminou com um ótimo churrasquinho!

No dia seguinte, o grupo foi dividido em 2 equipes para topografas duas pequenas, porém importantes grutas do Parque Intervales: Gruta dos Meninos e Gruta dos Horrores.A topografia das duas foi concluída com êxito.

A Gruta dos Meninos resultou nas seguintes dimensões: 39,7 metros de desenvolvimento e 7 metros de desnível.

A Gruta dos Horrores: 52 metros de desenvolvimento e 2 metros de desnível.

Missão cumprida, 3 cavernas topografadas, hora de voltar para casa e trabalhar os dados para gerar o mapa final!

área

Leave A Comment

*